De todas as cores

Dizem que o fato do branco ser a cor tradicional dos vestidos de noiva vem da Rainha Vitória. Sua foto de casamento foi publicada em diversos meios e suas contemporâneas trataram de imitá-la. A Rainha ditou o conceito a ser seguido. Como se vê, já naquela época os famosos influenciavam a moda, os costumes, o “modus vivendi” através da mídia. Quanto mais mídia, mais influência.

Atualmente, mídia é o que não falta. E as celebridades, principalmente as de fama passageira que pretendem permanecer em evidência um pouco mais, literalmente inventam conceitos (quanto mais estranhos, melhor).

O vestido de noiva branco, virou off-white, ousou ser dourado, marinho, até vermelho e retornou, quase que arrependido, ao branco.

O colorido, que antes era um privilégio do buquê, toma conta de detalhes inusitados e estimula a imaginação.

Assim como quem não quer nada e nem pensava em aparecer, os “peep toes” das noivas se deixam descobrir roxos, pinks, verdes. As gravatas dos padrinhos, menos encabuladas, se exibem de todas as cores como a desafiar os vestidos das madrinhas.

É como se finalmente houvesse permissão para sorrir, mesmo em meio a uma austera solenidade.

Os tempos mudaram. Algumas noivas também. Outras, nem tanto.

E quanto ao colorido? É preciso lembrar que o branco é a mistura de todas as cores.

 **********************************************************************

Anúncios

Deixe um comentário

Arquivado em Suviane Hoera

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s